Dom vs Prática

Dom vs Prática

Nas últimas semanas apareceu na minha timeline a discussão se Desenhar era Dom ou prática e eu li diversos argumentos de ambos os lados e resolvi opinar.

Quando eu tinha entre 7 e 8 anos resolvi empreender vendendo desenhos de escudos de times de futebol para minha família, fiz alguns poucos reais e após alguns desenhos resolvi encerrar as atividades desse empreendimento pois não achava que desenhava bem.  Já o Hito, amigo que incentivou a criação da Crowtoon, 5 anos mais velho que eu, desenhava muito bem. Eu me lembro que vez ele fez uma arte para mim de um personagem de um desenho que passava na Record chamado Beast Wars https://www.youtube.com/watch?v=loEhGEjPI4Y (tenho quase certeza que era esse, mas minha memória não está ajudando muito.

O desenho era inato a ele, mas qual a nossa principal diferença?

No livro “Fora de Série”, o jornalista Malcolm Gladwell apresentou a teoria das 10.000 horas de pratica/ experiência/estudo/treino para alcançar excelência em qualquer atividade.

Ele cita no livro que os Beatles tocaram por três anos na Cidade de Hamburgo, em casas noturnas, antes de alcançarem a fama. Eles tocavam quase todo o dia, por 8 horas diárias, onde chega a quase 10 mil horas de prática.

Então a diferença é simples, enquanto eu estava praticando outras atividades o Hito se dedicou ao desenho.

Mas tem um problema…

Que aflige muitas pessoas, inclusive a mim, é o imediatismo.

Querer alcançar o auge em pouco tempo, sem se esforçar e, de preferência, sem precisar alterar o tempo despendido em redes sociais, games e Netflix é o que todos queremos, mas é claro que não é assim que funciona e isso é agravado quando nos comparamos com pessoas que já alcançaram sucesso na área.

Cada um tem a sua trajetória e para você alcançar o objetivo de ser genial é necessário você traçar a sua própria. Romper cada barreira que aparecer, pode chegar um momento que você venha a fraquejar, mas “continue a nadar” (Dory).

E o Sucesso?

Com trabalho, ele virá.

Filmes de biografia de pessoas que praticaram muito para alcançar o sucesso e eu gosto muito:

  • Walt Antes do Mickey – Conta a luta de Walt Disney antes de alcançar o sucesso. Quando foi morar na rua, quando faliu,  quando foi roubado e o quanto se esforçou para conquistar seu império.
  • Mãos Talentosas: A historia de Benjamin Carson – Como pioneiro, em 1987, Dr. Carson entrou para a história da medicinaao separar gêmeos siameses unidos pela cabeça, um procedimento que levou cinco meses de planejamento, 26 horas na execução e que envolveu 50 médicos, enfermeiros e técnicos.
  • A Procura da felicidade – Já vi esse filme umas 532 vezes e não me canso. Despejado, morando em albergues Chris Gardner estuda para mudar a sua situação.

Tambem recomendo o livro “ O Catador de SONHOS” história do brasileiro Geraldo Rufino, que saiu do lixão para faturar mais 50 milhões de faturamento por ano.

Termino a resenha de hoje com a tira do site Linha do Trem.

Sem prática, seu DOM morrerá e se você nasceu sem esse DOM, pratique


 

Gui Martins
contato@crowtoon.com

Gosta de Startups e Quadrinhos ou algo assim...

No Comments

Post A Comment